sexta-feira, 10 de outubro de 2014

Harley faz recall das motos mais caras à venda no Brasil

A CVO Breakout vendida a R$ 98.700, com apenas 30 unidades importadas, foi uma das atingidas pela campanha 

 De acordo com a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) do Ministério da Justiça, a Harley-Davidson do Brasil protocolou uma campanha de recall que está valendo desde o dia 11 de setembro para quatro modelos, os mais caros da marca à venda no País: a bagger Street Glide, a luxuosa touring Ultra Limited e as exclusivas CVO Limited e CVO Breakout. Segundo o documento, é necessária a substituição do cilindro mestre, pois pode acontecer engate involuntário da embreagem, ocasionando eventual perda de controle da moto.

 A campanha abrange 895 motocicletas, com numeração de chassi não seqüencial, fabricadas entre 2013 e 2014 cujos chassis são

9321KBMJ0ED614067 a 9321KBMC1ED614080 para a Street Glide; 
9321KELJ0ED614086 a 9321KELJXED701042 para a Ultra Limited; 
5HD1TENC0EB955816 a 5HD1TENC9EB956446 para a CVO Limited e 
5HD1TD9COEB950183 a 5HD1TD9CXEB956296 para a CVO Breakout. 

Mais informações para os proprietários estão disponíveis por meio do telefone 0800 724 1188 das 8 às 19h.