sábado, 5 de outubro de 2013

DICAS PARA AUMENTAR A VIDA ÚTIL DOS PNEUS DAS MOTOCICLETAS

É possível conseguir um aumento significativo da vida útil dos pneus de uma moto se alguns cuidados básicos forem adotados pelo motociclista. 

A boa utilização dos pneus é fundamental para a segurança da motocicleta.

Um dos erros mais comuns é a substituição de pneus sem obedecer às recomendações do fabricante da moto.

 Algumas dicas básicas: 

 - Os pneus devem ser calibrados semanalmente, seguindo as recomendações do fabricante da motocicleta. A pressão precisa ser alterada em cada situação de uso (com carona na garupa, carga ou apenas o condutor);
 - Os pneus devem ser montados apenas em máquinas. Nunca permitir a montagem manual em borracheiros não habilitados. O pneu de uma moto pode ter o talão (friso de aço lateral) quebrado por uma operação de montagem inadequada;
 - As rodas devem passar por um balanceamento rotineiro, um procedimento fundamental para evitar o desgaste prematuro dos pneus;
 - Os pneus não especificados para o modelo da moto não devem ser usados. As alterações para fins estéticos acabam prejudicando o desempenho da moto e comprometendo a segurança do motociclista e a durabilidade dos pneus;
 - Nunca fazer adaptações para deixar de usar câmeras de ar. Em motos com rodas raiadas, os pneus sem câmera somente são empregados em alguns poucos modelos que utilizam aros específicos para este fim (como em modelos GS modernos da BMW);
 - Os aros utilizados devem ser aqueles recomendados pelo fabricante. Mudanças provocam diferenças sensíveis no desempenho da moto, novamente comprometendo a segurança do motociclista e a durabilidade dos pneus;
 - Jamais utilize pneus recauchutados;
 - A moto sempre deve estar com o "quadro" alinhado, caso contrário a vida útil do pneu ficará comprometida por rodar fora de alinhamento com o piso;
 - Nunca submeter o pneu a sobrecarga. Pode ocorrer o superaquecimento, desgaste excessivo, separação entre lonas e banda de rodagem. Portanto, é importante sempre manter as pressões e carga recomendadas conforme gravações que constam no flanco de cada pneu.