segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Venda de motos melhora em julho, mas governo estuda incentivo

De acordo com dados divulgados pela Fenabrave, federação nacional dos revendedores, o mês de julho foi superior a junho em vendas de motocicletas. Segundo a entidade, foram emplacadas 138.462 motocicletas, número 11,7% maior do que o registrado no mês anterior, mas ainda 13,5% menor do que os 160.177 atingidos no mesmo período de 2011. Neste ano as vendas já acumulam quedas de 8,47% e passados sete meses ainda não chegamos a 1 milhão de motos – até agora foram emplacadas exatas 987.075 unidades. Para que os números melhorem, aventa-se até mesmo a possibilidade de o governo tomar medidas para estimular o setor. Esta semana, o ministro da Fazenda, Guido Mantega, disse à Agência Brasil que o principal revés é a falta de financiamento. “Os bancos reduziram os créditos em financiamentos e têm receio, principalmente no caso das motos. Estamos trabalhando no sentido de voltar a estimular o crédito para motos. Estamos estudando medidas que vão estimular a retomada de vendas”, afirmou o ministro. Só não explicou como.