sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Há mais motos que carros no Norte e Nordeste


Segundo estudo divulgado nesta segunda-feira (23) pelo Sips — Sistema de Indicadores de Percepção Social —, o número de motocicletas trafegando pelas regiões Norte e Nordeste já supera o de automóveis por larga margem.
Os dados coletados pelo Ipea — Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada —, mostram que na região Norte as motos correspondem a 64,32% do total da frota circulante, contra 28,26% doas automóveis. Com mais de 45 habitantes para cada veículo, a região que engloba os estados do AC, AM, AP, PA, TO, RO e RR é a que conta com menor concentração de veículos no país.
Já na região Nordeste, que apresenta 11,4 hab./veículo, a frota é composta por 59,3% de motos e 34,6% de automóveis. A região com maior equilíbrio entre motos e carros é a Centro-Oeste, onde há 4,25 habitantes/veículo e, do total, 48,56% são carros e 42,05%, motos.
Apesar de contar com São Paulo, a “capital do motoboy”, mais de 60% da frota da região Sudeste é composta de automóveis, contra 30,8% de motocicletas. Na região que engloba SP, MG, RJ e ES, há 3,65 habitantes por veículo segundo o estudo divulgado.
O Sul possui a maior proporção de veículos: são 2,32 habitantes para cada um. Os carros representam 64,85% da frota e, as motos, 24,93%.